terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Eles estão de volta , junto com a Careca !

A cabeça raspada novamente significa muito mais do que a reedição de um visual que já fez muito sucesso no passado. Livre, enfim, da lesão no coxa direita que atrapalhou seus planos no início da temporada 2010 e a pouco mais de uma semana da estreia na Taça Libertadores, Ronaldo quer provar que, mesmo aos 33 anos, ainda tem muito futebol a mostrar. A prioridade continua a ser o Corinthians, mas sem esquecer do sonho de disputar mais uma Copa do Mundo. Ainda que não tenha falado, o craque teve como porta-voz seu empresário, Fabiano Farah.


- O guerreiro voltou. E voltou para o mundo. Ele estava ferido, mas não morto. A careca sempre foi a marca registrada do Ronaldo. É algo reconhecido no mundo todo. Ela remete à imagem de luta e superação que ele sempre teve. Ele renasceu das próprias cinzas. A idolatria que o mundo tem por ele independe de sexo, cultura ou etnia – disse Farah.

Apesar de manter o desejo em sigilo até mesmo para os companheiros de clube e amigos, Ronaldo já vinha cogitando a possibilidade de adotar outra vez a careca como forma de iniciar uma nova era no Parque São Jorge, sobretudo aproximação do início da Libertadores. Além disso já estava livre do acordo comercial com um laboratório suíço fabricante de um tônico capilar que o impedia de cortar o cabelo. O contrato acabou em 31 de dezembro de 2009.
- A única prioridade que ele tem é o Corinthians. Dentro desse roteiro de 2010, tem Libertadores e depois um Mundial Interclubes – acrescentou o empresário.

Mesmo tendo ficado fora da convocação para o último amistoso antes da Copa do Mundo, contra a Irlanda, Ronaldo não acredita que suas chances de ir à África do Sul acabaram. Mesmo com a prioridade do técnico Dunga aos jogadores que disputaram praticamente toda a eliminatória, o atacante entende que poderá ser chamado dependendo do que apresentar pelo Timão no primeiro semestre.

- Na história de vida do Ronaldo, nada é impossível. Três médicos falaram que seria impossível voltar, mas ele voltou a jogar. A Copa é uma consequência natural do clube. O Dunga é uma pessoa muito inteligente e está conduzindo tudo isso com grande excelência. Ele já disse que o Ronaldo não precisa ser testado – completou Farah.

2 comentários:

Flávio disse...

parabens !!!
pelo blog
muito bacana

António Pista disse...

Mas que confusão estão dando os penalties marcados por aí!

As paradinhas já estão virando qualquer coisa fora do comum, e nada boas para o futebol.

Qual a opinião da generalidade dos adeptos brasileiros por aí?

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Postar um comentário